Drogas Antiplaquetárias

As plaquetas são componentes vitais da hemostasia normal devido à sua capacidade de aderir à parede do vaso sanguíneo lesado. As drogas antiplaquetárias são drogas que reduzem a capacidade das plaquetas de se unirem (agregação plaquetária) e previnem a formação de coágulos sanguíneos. É também chamado de drogas antitrombocíticas e antiagregantes.

Os medicamentos antiplaquetários  desempenham um papel importante no tratamento e prevenção de enfarte do miocárdio (ataque cardíaco), trombose de stent e acidente vascular cerebral isquémico ( acidentes vasculares cerebrais causados ​​por um coágulo sanguíneo).

Os medicamentos antiplaquetários podem ser divididos em três tipos principais:

  • Inibidores de plaquetas glicoproteicas (Abciximab, Eptifibatid, Tirofiban)
  • Inibidores da agregação plaquetária (Aspirina, Cangrelor, Cilostazol, Clopidogrel, Dipiridamol, Prasugrel, Ticlopidina, Ticagrelor)
  • Antagonistas do receptor 1 ativado por protease (Vorapaxar)

Efeitos colaterais dos medicamentos antiplaquetários

Os efeitos colaterais comuns incluem:

  • Hematomas fáceis 
  • Sangrando por muito tempo
  • Náusea
  • Tontura
  • Nariz sangrando

Entre em contato com seu médico se você tiver algum dos seguintes:

  • Sangue na urina
  • Sangue nas suas fezes
  • Tossindo sangue
  • Vomitando sangue
  • Hematoma (um grande hematoma que forma um caroço)
  • Zumbindo em seus ouvidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here